SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

PF prende deputado Daniel Silveira, do PSL, que postou vídeo contra ministros do Supremo

Parlamentares afirmaram que não há justificativa para ato que resultou na detenção do parlamentar.
Após a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), diversos políticos se manifestaram a respeito da decisão. O deputado Filipe Barros (PSL-PR), por exemplo, chamou a prisão de “abuso de autoridade”.

– Não há flagrante. Não há crime inafiançável. Ele é parlamentar e, portanto, tem imunidade pelas suas palavras. Mais um abuso de autoridade cometido pelo Alexandre de Moraes. Faremos de tudo para impedir que mais essa ilegalidade e arbitrariedade permaneça – escreveu ele em sua conta no Twitter.

Outra a denunciar a falta de um flagrante para a prisão de Silveira foi a deputada Carla Zambelli (PSL-SP). Nas redes, a parlamentar elogiou o posicionamento do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que declarou que conduzirá o fato com “serenidade e consciência”.

– Se houve um mandado, não houve flagrante. Se há flagrante, não há necessidade de mandado. Que bom termos um Presidente da Câmara sereno e firme. Plenário é soberano. Fique firme, Daniel Silveira, estamos com você – afirmou.

O deputado estadual Gil Diniz (PSL-SP) também se manifestou a respeito da prisão. Em uma publicação nas redes, o parlamentar declarou apoio a Silveira e chamou o ato de Moraes de “decisão asquerosa”. Diniz também acusou o ministro de “causar instabilidade no país”.

– Todo meu apoio ao Deputado Federal Daniel Silveira! Decisão asquerosa de Alexandre de Moraes! O que esse Ministro está tentando causar instabilidade no país. O Senado Federal precisa se posicionar contra esse ataque ao parlamentar e a todo congresso! – protestou.

O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ), por sua vez, chamou o ministro Alexandre de Moraes de “vagabundo” após ele determinar a prisão do também deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

– Acabei de falar com o deputado Daniel Silveira e fiquei sabendo que sua prisão foi ordenada pelo vagabundo do Alexandre de Moraes por ele ter feito uma live criticando o ministro Fachin. Não iremos recuar! Espero que o presidente (da Câmara) Arthur Lira aja com postura contra esses ditadores – postou Jordy em suas redes sociais.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More