SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

sábado, 3 de abril de 2021

Doença mental ‘misteriosa’ atinge 43 pessoas no Canadá

Algumas pessoas relataram a sensação de insetos rastejando em sua pele, como um dos sintomas.

Cientistas canadenses investigam a possibilidade do surgimento de uma nova doença neurológica, após o aparecimento de 43 casos de pacientes com os mesmos sintomas, envolvendo perda de memória, alucinações e atrofia muscular. Os casos foram identificados na província de New Brunswick, na região leste do país.

Especialistas dizem que ainda há mais dúvidas do que respostas sobre os casos, e pediram para que as pessoas não se assustem. Segundo a Dra. Jennifer Russell, diretora médica de saúde da província canadense, esta é “muito provavelmente uma nova doença”.

Segundo a investigação, os pacientes inicialmente apresentaram queixas de dores inexplicáveis, espasmos e mudanças de comportamento – todos sintomas que poderiam ser facilmente diagnosticados como ansiedade ou depressão. Porém, ao longo de 18 a 36 meses, eles começaram a desenvolver declínio cognitivo, perda de massa muscular, salivação e batimento dos dentes. Vários pacientes também começaram a ter alucinações assustadoras, incluindo a sensação de insetos rastejando em sua pele.

– Não vimos nos últimos 20 anos um grupo de doenças neurológicas resistentes ao diagnóstico como esta – disse Michael Coulthart, chefe da rede de vigilância DCJ do Canadá.

– Ainda não conseguimos encontrar um agente causador, exceto que tudo o que analisamos até agora sugere que se trata de uma exposição ambiental de algum tipo que é adquirida através de alimentos, água, ar, atividades profissionais ou de lazer – complementa o neurologista Alier Marrero, membro de um hospital em Moncton e um dos responsáveis pela investigação.

No processo, estão em investigação substâncias encontradas em frutos do mar e uma neurotoxina produzida por algas marinhas. Dos 43 casos investigados, os pesquisadores acreditam que 5 pessoas morreram da misteriosa doença.

Segundo o The Guardian, políticos da província de New Brunswick cobram e aguardam novas respostas da comunidade científica.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More