SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

terça-feira, 27 de abril de 2021

Homem é preso suspeito de matar maridos de duas ex-funcionárias no intervalo de nove meses em Sobral

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de matar os maridos de duas ex-funcionárias no intervalo de nove meses, nas cidades de Horizonte e Sobral, no interior do Ceará. A captura do suspeito aconteceu na última sexta-feira (23), no Bairro Caiçara.

Em uma das ações, uma das ex-funcionárias foi baleada. A motivação dos homicídios, segundo a Polícia Civil, foi a paixão não correspondida que o homem tinha pelas mulheres.

Gilvan de Souza Guimarães, 23 anos, conhecido como “Paulista” foi localizado em conjunto habitacional. Durante a prisão, ele tentou fugir e chegou a atirar contra os agentes do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) de Sobral. O homem, que já responde por homicídio e roubo, estava foragido da Justiça.


Crimes

Conforme a Polícia Civil, o primeiro homicídio aconteceu em janeiro de 2020. Na ocasião, Gilvan, que é natural do município de Ipu, abriu um restaurante na cidade de Horizonte e contratou algumas pessoas para trabalhar com ele. O suspeito se apaixonou por uma das funcionárias, mas a mulher, que já era casada, não aceitou as investidas do patrão.

Diante da rejeição, Gilvan foi até a casa da mulher e, segundo as investigações, matou o companheiro dela, um homem de 26 anos, a facadas. A ex-funcionária se escondeu em uma outra residência para não ser morta pelo suspeito.

Após o crime, Gilvan viajou para a cidade de Sobral, abriu uma pizzaria na região e contratou algumas pessoas. Entre as funcionárias, estava uma jovem de 20 anos, por quem o patrão se apaixonou. A mulher, que assim como a primeira vítima era casada, não aceitou as invertidas românticas do patrão e pediu demissão.

Por conta da recusa da mulher, ele passou a ameaçá-la, até que no dia 8 de outubro do ano passado, foi até a residência onde ela morava com o marido e tentou matar o casal a tiros, ainda segundo a polícia. A ex-funcionária foi baleada, mas resistiu aos ferimentos após ser socorrida. Já o marido dela, um homem de 22 anos, morreu.

Gilvan fugiu após o crime e ficou foragido até ser capturado na última sexta-feira.


Modus operandi

Segundo o delegado Paulo Castro, titular da Delegacia Regional de Sobral, a semelhança do modus operandi de Gilvan levou a polícia fazer a ligação entre os dois crimes.

"Ele é envovidoo com outros crimes, mas ele sempre fazia uma pizzaria no local que se estabelecia e contratava funcionários. Nas duas vezes ele se apaixonou pelas funcionárias e as funcionárias eram casadas, tinham companheiros, ele não aceitava isso e acabava matando os companheiros dessas funcionárias dele. Vimos que o modus operandi dele era o mesmo, inclusive houve o reconhecimento da vítima que sobreviveu", disse o delegado.

A Polícia Civil continua as investigações sobre o suspeito para verificar a participação dele em outros crimes.

Fonte: G1/CE

2 comentários:

Tem que mostrar a cara dele para que outras pessoas possam evitá-lo.

como ele conseguiu abrir uma pizzaria em Sobral e ainda contratou pessoas? Sendo que já era criminoso procurado?
Só no Brasil mesmo

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More