SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

sábado, 1 de maio de 2021

Bolsonaro desafia governadores a pagarem auxílio de R$ 1000: “Vocês que fecham o comércio e destroem milhões de empregos”

Na live desta quinta-feira (29) realizada em sua página oficial no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro voltou a disparar críticas contra governadores de estado, e lançou um desafio para eles.

De acordo com o líder máximo do país, os governadores – à quem ele culpa pelo aumento de desemprego e fechamento de comércio – deveriam adotar auxílio emergencial de mil reais.

“Esse auxílio emergencial, a gente apela aos excelentíssimos governadores que poderiam – vocês que fecham comércio, que destroem milhões de empregos –, vocês podiam fazer o auxílio emergencial. Coloca R$ 1 mil até o fim do ano, já que me criticam, né? Bota R$ 1 mil” , comentou o mandatário.

Posteriormente, Bolsonaro referiu a palavra especialmente à governantes – a maioria esquerdistas – da região nordeste.

“Em especial os estados do Nordeste, que fizeram caixa com o nosso recurso do ano passado e têm dinheiro para dar um auxílio emergencial, complementar R$ 1 mil até o fim do ano, em vez de ficar criticando o governo federal e destruindo empregos”, afirmou.

(Folha da República)

6 comentários:

O senhor presidente só não assume que se tivesse comprado as vacinas a tempo, já teríamos uma boa porcentagem da população imunizada, teríamos mto menos mortes,menos casos e consequentemente o comércio e a economia funcionando

O desafio está lançado, dinheiro esses governadores tem de sobra!!

Anonimo das 16:43 kkkkkkkk, a vacina funciona tanto que meu tio tomou e morreu da reação, fora as pessoas que são reinfectadas.

Anonimo 2 de maio 10:20, Vc é um genio cara, diz que a vacina não funciona, contrariando médicos, especialistas, cientistas e infectologistas do mundo inteiro...

Anônimo das 19:39 o resultado tá aí, meu tio morreu da reação, todo sofre mutação como a vacina vai se estabelecer? Se dá pra combater vírus com vacina cadê a cura da Aids?

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More