SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

sábado, 1 de maio de 2021

No 1º de Maio, povo vai às ruas sob o lema: "Eu autorizo, presidente"!

O feriado de 1º de Maio está sendo marcado por grandes manifestações em diversos estados do Brasil. Desde 9h, o público começou a chegar em pontos estratégicos de capitais, como a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, a Avenida Paulista, em São Paulo, e a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Munidos de bandeiras do Brasil e faixas de protestos, no feriado tradicionalmente ligado à esquerda, os grupos de direita pedem o impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal e a adoção do voto impresso e auditável. Alguns querem também a intervenção militar no país.

Sob o lema “Eu autorizo, presidente”, os manifestantes prestam apoio a Bolsonaro. A frase faz referência a uma declaração recente do presidente, que pedia um “sinal do povo” para agir. Para os manifestantes, Bolsonaro deve acionar as Forças Armadas para impedir um suposto golpe de Estado orquestrado pela oposição e que teve início na CPI da Covid, que tramita no Senado.

Para aliados, a comissão tem como função desgastar a imagem do governo Bolsonaro e prejudicar sua reeleição em 2022.

A CPI irá investigar as ações do governo federal durante a pandemia e eventuais negligências. A comissão tem como presidente o senador Omar Aziz (PSD-AM), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) como vice-presidente e Renan Calheiros como relator.

Além de eleitores, aliados de Bolsonaro, como o presidente do PTB, Roberto Jefferson, e o deputado federal Otoni de Paula, também são esperados nas manifestações.

(Plen News)

7 comentários:

TÁ MAIS QUE NA HORA DE POR FIM EM PILANTRAS INFILTRADOS NA POLÍTICA E NO JUDICIÁRIO NESSE PAÍS... AVANTE BOLSONARO!!!

"Ehh oooh vida de gado, povo marcado,ehh povo feliz"...Esse povo foi manisfestar apoiando o gás a 100 reais, a gasolina a 6 R$/litro,carne a 40 R$/kg,a falta de vacinas,as mais de 400 mil mortes e o genocida que está no poder

Anonimo das 16:37 só faltou falar que tudo é consequência da corrupção da esquerda e que o dinheiro das vacinas foi repassado e desviado pelos governadores e prefeitos.

O ANÔNIMO DAS 16:37 DEVE SER UM CHUPÃO, APOIADOR DE LADRÃO DE VERBA PÚBLICA... ACEITA QUE DÓI MENOS, BOLSONARO 2022!!!

Pois é anônimo de 2 de maio 10:18, só que no tempo da "esquerda" o gás era 40 reais, a gasolina era R$ 2,80, o quilo de carne era 14 reais, quanto a dinheiro das vacinas pra prefeitos e governadores, Bolsonaro nunca mandou dinheiro PRA VACINAS, pelo contrário, recusou a compra de 70 milhões de doses da Vacina Pfizer em agosto de 2020

Anônimo das 19:33,as consequências dessa política do PT estão aí até hoje, quanto a preços vc esqueceu de falar que o salário mínimo era menos de 600 reais, aí vc faz as contas...vc tá desatualizado sobre o quanto de dinheiro o governo federal já destinou aos Estados.

Pessoal PT saiu ha 5 anos...vao passar o resto do mandato todo culpando PT pela incompetencia do atual governo....Acorda gado

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More