SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

terça-feira, 4 de maio de 2021

Enxurrada em Manaus destrói centro para imigrantes venezuelanos

Uma forte enxurrada causada pela chuva que atingiu Manaus nesta segunda-feira (3) varreu uma instalação da Operação Acolhida, no fim da manhã. O local servia de abrigo para imigrantes.

Dois militares e três imigrantes venezuelanos ficaram feridos, mas nenhum em estado grave, segundo informação do Exército.

A água barrenta cobriu o local, chamado de Posto de Interiorização e Triagem (Pitrig), que funcionava sob grandes tendas na avenida Torquato Tapajós, no bairro Flores.

O aumento do nível da água foi provocado por um muro lateral, que acabou se tornando uma barragem para a forte correnteza. Algumas pessoas aparecem agarradas a estruturas.

Geladeiras, móveis de escritório, computadores, entre outros equipamentos foram perdidos, além de pertences pessoais, afirmou o comandante da Operação Acolhida em Manaus, o coronel do Exército Arnaldo Bezerra.

Cerca de 40 imigrantes venezuelanos que já haviam passado pela triagem e esperam pela interiorização estavam em um prédio anexo no momento do acidente. Eles foram levados a outra base da Operação Acolhida.

O trecho onde a instalação ficava costuma alagar com frequência. Com as chuvas acima da média neste ano, Manaus está se preparando para a maior inundação já registrada.

Na última quinta-feira (29), o rio Negro atingiu a cota de inundação severa, de 29 metros, informou Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), responsável pelo monitoramento.
(DN)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More