SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

quarta-feira, 30 de junho de 2021

Canadá tem mais de 230 mortes por conta de forte onda de calor

Pelo menos 233 pessoas morreram no Canadá, desde o último dia 25 de junho, por conta da forte onda de calor que atinge o país. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (30) por autoridades da província canadense da Colúmbia Britânica. Do total, 134 pessoas moravam em Vancouver ou em cidades vizinhas.

A cidade de Lytton, que fica a cerca de 260 quilômetros de Vancouver, bateu o recorde histórico de temperatura no país ao chegar aos 49,5°C na terça-feira (29). Nos dois dias anteriores, a cidade registrou, respectivamente, 46,5°C e 47,5°C. Até 2021, a maior temperatura registrada no Canadá tinha sido de 45°C, computada em 1937 em duas cidades da província de Saskatchewan.

Para tentar diminuir os impactos causadas pela onda do calor, o governo suspendeu as aulas nas escolas e nas universidades e pediu para que as empresas mantenham os funcionários trabalhando de casa, para evitar saídas nas horas mais quentes do dia.

Outra medida adotada por muitas cidades foi abrir centros de resfriamento de emergência e distribuir garrafas de água aos moradores. Em Vancouver, foram instaladas fontes de nebulização nos parques para quem vai às áreas mais verdes, para tentar se refrescar.

Diversos órgãos ambientais canadenses e também dos Estados Unidos, que enfrentam a mesma onda de calor na área noroeste, alertam que essa será a temporada de calor com as temperaturas mais quentes da história dessa área do Pacífico. (Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More