SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Senador consegue assinaturas para abrir CPI dos governadores

O senador Eduardo Girão (Podemos) reuniu assinaturas suficientes para solicitar a abertura de uma nova CPI da Covid-19, focada em apurar o uso de recursos públicos repassados a governadores e prefeitos durante a pandemia. Até a noite desta quarta-feira (1°), o documento possuía 30 assinaturas, três a mais que o requisitado. O pedido será apresentado ao presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (DEM) após o feriado de 7 de setembro.

De acordo com Girão, o texto representa “o grito dos excluídos da CPI da Pandemia”, referindo-se a senadores, que como ele, insistiram na necessidade de apurar as suspeitas de má gerência dos recursos em estados e municípios.

Ao curso das investigações da CPI, diversos documentos apontaram para desvios em contratos assinados por prefeitos e governadores. A cúpula da comissão, porém, optou por limitar as apurações apenas ao governo Bolsonaro.

De acordo com informações da revista Veja, o ponto de partida da nova CPI seria a compra de 300 respiradores no valor de R$ 48,7 milhões, que nunca chegaram a ser entregues. A transação foi feita por nove governadores integrantes do Consórcio Nordeste junto a uma empresa especializada na fabricação de peças íntimas e na importação de medicamentos à base de maconha.

No texto, Girão cita mais de 100 operações da Polícia Federal que investigaram contratos entre governos federais e prefeituras, com verbas repassadas pelo governo Bolsonaro desde o início da pandemia de Covid-19. Foram 158 mandados de prisão temporária, 17 de prisão preventiva e 1.536 de busca e apreensão, em 26 estados.

1 comentários:

Agora vamos ver os escândalos no Ceará de Camilo e Roberto Claudio, porque tudo de errado no Ceará o governador Camilo Santana diz que a culpa do Presidente da Republica.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More