SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

quarta-feira, 3 de novembro de 2021

Comoção e dor no enterro do garoto de 12 anos, vítima da violência em Sobral-CE

O enterro foi marcado pelo desespero de parentes e amigos que não se conformavam em se despedir de mais uma vítima da violência descontrolada em Sobral-CE.

O corpo do garoto Rafael Sousa Maia de 12 anos, foi sepultado na manhã desta quarta-feira (3/11), por volta das 11h, no cemitério Jardim Eterno na BR 222, Sobral-CE, em meio a dor, comoção e revolta. A mãe da vítima, Regiane Maia, 37, sem condições emocionais, não participou do enterro. O velório aconteceu no Centro de Evangelização Dom Walfrido, no bairro Dom Expedito de onde o cortejo fúnebre partiu para o cemitério acompanhado por familiares, amigos e imprensa sobralense.

O sepultamento foi marcado pelo desespero de parentes e amigos do garoto que não se contentavam com a partida trágica de mais uma inocente vítima da briga entre facções rivais. “Rafael sai desse caixão! É mentira, ele vai chegar em casa para ir para escola. Rafael volta meu filho”, são algumas das frases ditas aos prantos pelas tias da criança no enterro. Colegas da escola foram fardados para o cemitério e levaram um cartaz com as frases ditas por Rafael quando estava com eles.

O Portal Paraíso falou com o tio do garoto, Robério Maia, 49, que disse que diante da dor, a pessoa busca força unicamente na Palavra de Deus que diz em João 5,28-29 “Todos que estão nos túmulos memoriais, Ele vai trazer de volta”. E continua: “não é justo que uma criança de 12 anos perca a vida da forma que perdeu brincando, coisa que todos nós que moramos no Dom Expedito costumávamos fazer sem se preocupar com este tipo de situação” finalizou o tio da criança emocionado. O caso foi manchete em todo país expondo que a Sobral destaque na educação é também assolada pela violência desenfreada vitimando inocentes como aconteceu com Rafael Maia.
A ação criminosa aconteceu na noite de segunda-feira (1/11) quando dois indivíduos armados em uma moto roubada, atiraram contra um grupo de crianças que brincavam na praça da Igreja São Pedro no bairro Dom Expedito. De acordo com testemunhas, Rafael Maia ao ser atingido nas costas correu para a quadra de esporte do bairro e caiu quando foi socorrido por populares. As outras crianças correram e se espalharam e outras se esconderam atrás de plantas. Rafael morreu ao dá entrada no hospital Santa Casa.

Em uma ação rápida da Polícia Militar, os dois indivíduos foram capturados em um matagal na rotatória da BR 222, próximo ao Cemitério Jardim Eterno onde o garoto foi sepultado. Um dos criminosos se entregou e outro escondeu-se na mata, mas os policiais conseguiram capturá-lo. Duas armas de fogo foram apreendidas e a moto Honda Biz, com queixa de roubo, usada na ação foi recuperada. Um dos elementos é menor e já tem duas passagens pela polícia por tráfico e roubo. Ele foi conduzido para o Núcleo de Menor de Sobral onde aguarda decisão da justiça. O outro de 19 anos foi conduzido para o presídio.

Por Edwalcyr Santos / Sistema Paraíso

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More