quinta-feira, 10 de março de 2022

"Bárbaro!" EUA condenam ataque a maternidade na Ucrânia

Nesta quarta-feira (9), os Estados Unidos (EUA) condenaram o bombardeio feito pelo exército russo contra uma maternidade. De acordo com o governo da Ucrânia, o ataque ocorreu na cidade de Mariupol.

Em conversa com jornalistas na Casa Branca, Jen Psaki, porta-voz do governo dos EUA, afirmou que o ataque à maternidade foi um “crime horripilante e caso bárbaro”.

A denúncia do ataque foi feita pelo presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. Pelas redes sociais, ele classificou a ofensiva como “atrocidade” e disse que havia crianças sob os destroços.

O representante ucraniano ainda voltou a pedir que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) proteja o espaço aéreo do país.

– Ataque direto de tropas russas em uma maternidade. Pessoal, crianças estão sob os destroços. Atrocidade! Por quanto tempo mais o mundo será um cúmplice ignorando o terror? Feche o céu agora mesmo! Pare com os assassinatos! Vocês têm poder, mas parecem estar perdendo a humanidade – apelou Zelensky.

Na publicação, o presidente anexou um vídeo que mostra o cenário de destruição na unidade de saúde. Ainda não há informações sobre o número de vítimas.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More