quinta-feira, 10 de março de 2022

Petrobras anuncia aumento de 18% para gasolina e 24% para diesel


Após quase dois meses com os preços congelados, e em meio a pressões para não trazer a volatilidade do mercado externo para o Brasil, a Petrobras anunciou que irá aumentar a gasolina em 18,7%; o diesel, em 24,9%; e o gás de cozinha em 16%. A informação foi confirmada pela empresa em uma nota divulgada nesta quinta-feira (10).

– Após 57 dias, a Petrobras fará ajustes nos preços de gasolina e diesel. E, após 152 dias, a Petrobras ajustará preços de GLP – informou a empresa em nota.

A partir da sexta-feira (11), o preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina A para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 2,37, em média, para R$ 2,81 a cada litro.

Para o diesel, o preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro. Considerando a mistura obrigatória de 10% de biodiesel e 90% de diesel A para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 3,25, em média, para R$ 4,06 a cada litro vendido na bomba.

Para o gás de cozinha, a partir da sexta, o preço médio de venda para as distribuidoras passará de R$ 3,86 para R$ 4,48 por quilo, equivalente a R$ 58,21 por 13 quilos, refletindo reajuste médio de R$ 0,62 por quilo.

– Esse movimento da Petrobras vai no mesmo sentido de outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda – reforçou a Petrobras.

A Petrobras informou ainda que decidiu não repassar a volatilidade do mercado de imediato, realizando um monitoramento diário dos preços de petróleo, mesmo com a disparada dos preços do petróleo e seus derivados em todo o mundo como decorrência da guerra entre Rússia e Ucrânia.

– Após serem observados preços em patamares consistentemente elevados, tornou-se necessário que a Petrobras promova ajustes nos seus preços de venda às distribuidoras para que o mercado brasileiro continue sendo suprido, sem riscos de desabastecimento – completou.

*AE

10 comentários:

É meus amigos....Faz arminha que passa...Rir para não chorar

Kkkkk ué, mas o Mito não tinha dito que ia "segurar" o preço dos combustíveis?

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
...vai vim muitos outros até o fim do ano
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Já tem imbecil politizando o aumento?

É muito comentário de chupador de ovo dos FERREIRA GOMES...Aceita que dói menos kkkkkkkkkkkkk

Bolsonaro nas suas promessas de campanha, prometeu gasolina a R$ 2,50 o litro e Gás de cozinha a R$ 35 o botijão, e agora gadaiada como se explica isso?

Tem imbecil politizando o aumento,pq justamente de 2016 para cá, o preço das coisas só aumentam.Antes a Petrobrás tinha prejuízo, mas não subia os preços toda semana. Hj a Petrobrás da lucro aos ricos.E o governo não faz nada para mudar isso. Mas o que importa é q hoje não tem mais corrupção e o homem é de família. Povo cego da p...

Aceita que dói menos gasolina já já vai chegar a $10 ...Esse daí deve ser rico ou pobre com mentalidade de rico, só.

Anônimo 08:20 Ninguém aqui tá babando ovo de Ferreira Gomes, até porquê político é tudo da mesma laia,tudo safado e corrupto, agora se você tá satisfeito em pagar R$ 9,50 num litro de gasolina, parabéns, você é gado nível gold

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More