terça-feira, 17 de maio de 2022

Brasil vai ter semana com chuva congelante, geada e ciclone subtropical

Apesar de faltar pouco mais de um mês para o inverno no Brasil, o país enfrentará uma semana com frio intenso, vento forte, neve e geada. Já na segunda-feira (16), um ciclone subtropical avançou próximo ao litoral do Rio Grande do Sul, intensificando os ventos no sul e leste do estado.

As rajadas de vento devem ultrapassar os 100 km/h em algumas localidades do extremo sul gaúcho.

Com isso, a formação e deslocamento de uma frente fria, que tem origem polar, e impulsionada pelo ciclone, favorecerá a ocorrência de chuvas fortes e baixas temperaturas em vários estados, como Mato Grosso do Sul, sul de Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

Temperaturas no Brasil

Nesta terça-feira (17), pelo início da manhã, a previsão é de formação de geada no norte de Santa Catarina, em grande parte do estado do Paraná e no sul e sudoeste do Mato Grosso do Sul. A geada poderá ser forte no centro e sul do Paraná.

Durante o dia, a capital paulista tem previsão de chuva isolada ao amanhecer. O tempo deve se estabilizar ao logo do dia. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mínima em São Paulo deve ser 11ºC nesta terça. Já a máxima deve chegar a 19ºC. O dia deve ser acompanhado de pancadas de chuva a partir da tarde de intensidade moderada.

O frio deve ser ainda mais intenso na quarta-feira (18), com os termômetros marcando 6ºC de mínima e a máxima não deve passar de 15ºC.

Com relação à neve no país, a maior probabilidade é que o evento ocorra entre a noite desta terça e a manhã de quarta-feira sobre os Planaltos Sul e Norte do estado, além da Serra Gaúcha, de acordo com o Inmet.

Geada

Ainda segundo o Inmet, a tendência é de que haja condições favoráveis à formação de geada na Região Sul no período entre essa terça-feira e o dia 22. Também pode haver ocorrência no sul do Mato Grosso do Sul, em áreas de São Paulo e sul de Minas Gerais.
Frente polar

Uma frente de ar polar é uma zona de transição ou superfície de contato entre duas massas de ar de densidades diferentes — uma fria e outra quente. Em resumo, as frentes são as ‘fronteiras’ entre massas de ar polar e massas de ar tropical.

Todas essas quedas de temperaturas no Brasil serão impulsionadas por uma frente polar e amplificadas pelo ciclone extratropical que atingirá o Sul do país — devido às fortes rajadas de vento ao longo dia, a sensação de frio pode ser ainda maior.
Chuva congelante

Somadas, essas condições podem contribuir para a ‘chuva congelante’ no Sul do país. O evento é raro no Brasil e ocorre quando há o encontro de uma frente fria e uma frente quente. Na chuva congelante, a água líquida cai e congela ao tocar alguma superfície.

(Terra Brasil Noticias)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More