segunda-feira, 18 de julho de 2022

Jogador é preso em estádio antes do jogo por não pagar pensão

O jogador Éder Lima, defensor da equipe do Ferroviário, do Ceará, foi preso na tarde deste sábado (16) no gramado do Estádio Amigão, em Campina Grande, na Paraíba, pouco antes da partida que o time dele disputaria contra o Campinense, pela Série C do Campeonato Brasileiro. A prisão ocorreu pelo não pagamento de pensão alimentícia.

A detenção do jogador aconteceu após a execução do Hino Nacional Brasileiro, com as equipes já em campo. O atleta, que inclusive estava entre os titulares para iniciar o jogo, foi comunicado pelos agentes que estava sendo preso e, de forma pacífica, saiu do gramado. Ele foi conduzido até a Central de Polícia de Campina Grande.

O delegado plantonista da Polícia Civil em Campina Grande, Demétrius Patrício, informou que o mandado de prisão contra o atleta estava aberto a partir de São Paulo. Dessa forma, ao ter conhecimento de que Éder viria jogar em Campina Grande contra o Campinense, a polícia se dirigiu ao estádio para realizar a prisão.

O delegado Demétrius disse que o atleta confirmou ter conhecimento do atraso da pensão alimentícia e disse que o débito girava em torno de R$ 70 mil. Após assinar um termo de conhecimento do débito, o jogador foi encaminhado ao Presídio do Monte Santo, em Campina Grande, onde irá ficar em uma cela à parte.

No jogo, o Ferroviário perdeu para o Campinense por 2 a 0, com gols marcados por Wilian Anicete, no primeiro tempo, e Carlos Maia, já na etapa final. Com o resultado, os dois times empataram em pontos na classificação da Série C do Campeonato Brasileiro.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More