ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

sexta-feira, 14 de outubro de 2022

Bolsonaro sobre veto de Moraes a inquérito do Cade: “Vice de Lula”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou a decisão do ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de suspender investigações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Polícia Federal (PF) sobre os institutos de pesquisa. Além disso, afirmou que o ministro “vai governar” o país se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ganhar as eleições.

– Começou aí o Cade e a Polícia Federal a investigar os institutos de pesquisa. O que ele, Moraes, fez? Não pode investigar. Ou seja, os institutos vão continuar mentindo. Nessas mentiras, quantos votos não arrastam para o outro lado? Geralmente, o eleitor vota em quem está ganhando. Três, quatro milhões de votos. Parabéns, Alexandre de Moraes – declarou Bolsonaro, em entrevista ao podcast Paparazzo Rubro-Negro.

Na noite desta quinta-feira (13), Moraes argumentou que houve “usurpação de competência” da Justiça Eleitoral e tornou sem efeito as investigações abertas pelo Cade e pela PF contra os institutos. Desde o resultado do primeiro turno, quando Bolsonaro teve mais votos do que o projetado pelas pesquisas, aliados do presidente no Congresso iniciaram uma ofensiva contra as empresas, com a apresentação de projetos de lei que criminalizam os levantamentos e a possibilidade de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Bolsonaro ressaltou, na entrevista, que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) foi secretário de Segurança de São Paulo durante o governo de Geraldo Alckmin (PSB), candidato a vice na chapa do petista nas eleições deste ano.

– Por que o Alckmin está lá? Não é porque o Lula pensou “vou botar um cara que é católico, não sei o quê lá”. Não; está lá porque ele é o cara do Alexandre de Moraes. Quem vai governar o país com Lula presidente? Vai ser Alexandre de Moraes. Alguém tem dúvida disso? Ele tem muito poder com a caneta dele, mas sabe que comigo o poder não é absoluto, sabe disso. Aqui nós temos limite – declarou o presidente.

*AE

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More