ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

terça-feira, 18 de outubro de 2022

Prefeito desmente Lula sobre obra inacabada no Maranhão

O prefeito Calvet Filho, de Rosário, no Maranhão, foi até a cidade vizinha de Bacabeira a fim de mostrar que a refinaria Premium se encontra inacabada. A atitude foi uma resposta à fala do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que, no debate deste domingo (16), citou que seu governo determinou a criação da obra em questão, informa o Pleno News.

Segundo Calvet, a refinaria foi paralisada, fazendo com que “a esperança de muitas pessoas fosse embora” e que empresários falissem. Ele também conclamou “toda a classe política” a “dar a cara a tapa” e “mostrar de que lado está”, mencionando uma luta “do bem” contra o “mal”.

– Estou aqui aonde seria a refinaria Premium para mostrar a verdade para o povo brasileiro. Nós não vamos permitir que esse descondenado volte ao Poder, volte à cena do crime para continuar ceifando sonhos e esperanças – concluiu.

Segundo apuração do Estadão feita em novembro do ano passado, a obra gerou prejuízo de R$ 2 bilhões ao não ser concluída. A construção foi cancelada em 2015. À época, a Petrobras afirmou que a desistência se deveu à falta de parceiros e à revisão das expectativas de crescimento do mercado de combustíveis.

No debate deste domingo, o ex-presidente Lula citou a obra como exemplo de que o seu governo determinou a criação de refinarias, embora muitas tenham sido paralisadas em meio à corrupção na Petrobras.

– Nós decidimos fazer refinarias sim. O polo petroquímico de Itaboraí, no Rio de Janeiro, que foi parado. Nós decidimos fazer uma refinaria no Maranhão, uma no Ceará. Fizemos uma refinaria de querosene no Rio Grande do Norte. Porque esse país queria ser exportador de produtos derivados, não de óleo cru como está sendo agora. O Brasil tem um potencial extraordinário, e se houve corrupção na Petrobras, prendeu-se o ladrão que roubou, acabou – afirmou Lula na ocasião.
(Terra Brasil Notícias)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More