ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

terça-feira, 8 de novembro de 2022

Parques pedem para pessoas pararem de lamber sapo alucinógeno

O Serviço Nacional de Parques (NPS), dos Estados Unidos, está alertando turistas a não lamberem uma espécie de sapo encontrado na região do deserto de Sonora. Ele possui uma substância alucinógena na pele, o que atrai “curiosos”. O NPS usou o Facebook para avisar as pessoas sobre os efeitos dessa prática. Segundo eles, é preciso ter cuidado com o chamado ‘sapo do deserto de Sonora’, também conhecido como ‘sapo do rio Colorado’.

O sapo é um dos maiores da espécie encontrados na América do Norte, medindo até 18 centímetros, segundo informações do post do NPS no Facebook. “O coaxar do animal, segundo serviço de parques, é como um ‘toque baixo e distinto que dura menos de um segundo’”, completa a publicação.

O anfíbio tem glândulas parótidas proeminentes que secretam uma toxina potente, de acordo com o NPS. As glândulas parótidas estão localizadas logo atrás dos olhos do sapo. Essas substâncias podem deixar os humanos doentes se tocarem no sapo ou colocarem um na boca. Portanto, o serviço recomenda às pessoas que encontrarem o sapo: “por favor, evitem lamber”, diz a postagem.

“Como alertamos para a maioria das coisas que você encontra em um parque nacional, seja uma lesma, um cogumelo desconhecido ou um grande sapo com olhos brilhantes na calada da noite, evite lamber. Obrigado”, diz o serviço de parques.

(Terra Brasil Noticias)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More