segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Polícia investiga participação de mais envolvidos em atentados a escolas no ES

O atirador do ataque a escolas em Aracruz disse, em depoimento à polícia, ter atuado sozinho. As autoridades, no entanto, investigam se ele teve ajuda de outras pessoas, de acordo com o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

“Ele disse que agiu sozinho, mas isso não é suficiente para a polícia. A polícia vai de fato fazer toda a investigação técnica. […] A investigação que vai dizer como ele com 16 anos tinha tanta habilidade com armas e como ele conseguiu carregar e recarregar”, disse o governador a jornalistas, durante o velório de uma das vítimas — quatro pessoas morreram.

A polícia apura o suposto envolvimento do atirador com grupos extremistas. No dia do crime, ele usava vestimentas com um símbolo nazista.

“Nós temos acesso ao seu telefone, aos seus computadores, aos interrogatórios, então é um processo de investigação pra ver se ele tinha algum envolvimento com algum grupo de fora neonazista”, afirmou Renato Casagrande.

(Terra Brasil Noticias)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More