ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Risco-país dispara até 8% após falas de Lula no Egito

CDS de 5 anos chegou a subir mais de 8% no dia. Dólar sobe mais de 1,2% e mantém real como a pior moeda emergente em novembro. Ibovespa cai mais de 1,78%.

O CDS (Credit Default Swap) com vencimento em cinco anos, um dos indicadores do risco-país, disparou na sessão de hoje, após falas de Lula dizendo não se importar para a reação do mercado ao plano de gastos sociais do próximo governo.

Esse instrumento financeiro é uma espécie de seguro contra calote e é precificado em função da percepção de risco do mercado ao emissor da dívida. Em outras palavras, quanto mais caro, maior o prêmio que os investidores exige para se expor ao risco.

Ao meio-dia, o certificado subia 7,56% aos 279 pontos, após ter alcançado 8,74% no início da sessão. Os juros futuros internos também estão pressionados em função do discurso defendendo mais gastos sem que a equipe de transição tenha apresentado quaisquer soluções para a receita necessária para cobrir a despesa.

O contratos de DI futuro com taxa mais curtas avançavam cerca de 40 pontos e já precificam alta da Selic nos próximos meses. Os papéis com vencimento em dois anos eram negociados com taxas de juros de 14,39% a.a.

O Ibovespa, principal índice acionário brasileiro, recuava 1,72%, e o dólar subia 1,2%, cotado R$ 5,46.

(O Antagonista)

1 comentários:

Líderes de país de 1° mundo da ouvido a uma pessoa dessa querendo da um golpe mundial que vai deixar todo mundo endividados até quem vai nascer daqui a 20 anos, só um animal que não raciocina para acreditar num praga dessa

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More