segunda-feira, 12 de dezembro de 2022

Cacique Cererê é preso a mando de Alexandre de Moraes

O indígena faz parte do grupo formado por milhares de brasileiros que protestam contra a eleição de Lula.
No início da noite desta segunda-feira (12), a Polícia Federal prendeu o Cacique Cererê, da tribo Xavantes, que está há semanas em Brasília protestando contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

As primeiras informações revelam que a ordem de prisão partiu do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, e tem relação com os discursos feitos pelo indígena contra o sistema eleitoral e contra o próprio ministro, inclusive, chegando a pedir sua prisão.

A esposa do Cacique aparece em um vídeo comentando o caso. Segundo ela, o líder indígena foi levado pelos policiais com muita violência na frente de seus filhos. Ela, inclusive, pede ajudar de advogados para poder defender seu esposo da prisão.

Cererê tem se tornando um dos principais rostos desses protestos que duram mais de 40 dias. Além de fazer discursos políticos, o Cacique tem se destacado por evangelizar os manifestantes.

(Pleno News)

2 comentários:

Futuro candidato ao senado ou federal, podem apostar

Preso pela 3 vez! Sendo que às anteriores eram por trafico de drogas.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More