sexta-feira, 9 de dezembro de 2022

PEC Fura-Teto dá mais dinheiro a parlamentares que a Bolsa Família

Está explicada a aprovação fácil no Senado, em tempo recorde, da PEC Fura-Teto, “vendida” pelo governo eleito do petista Lula como a única maneira de combater a suposta crise de “fome no país”, mantendo os R$600 do Auxílio Brasil. O custo do seu Bolsa Família petista (R$70 bilhões), no entanto, é menor que os R$75 bilhões aprovados para uso dos parlamentares inclusive no “orçamento secreto”, emendas do relator.

Lorota eleitoral

Na campanha, Simone Tebet (MDB) disse que o “orçamento secreto” para 2023 seria de R$19,4 bilhões. Só ontem aprovou R$75 bilhões.

Dinheiro na veia

A PEC também prevê que parte dos R$75 bilhões poderá ser gasta por meio de emendas parlamentares, que são impositivas.

Escândalo fake

A PEC não discrimina gastos, como no “orçamento secreto”, chamado pelos jornalões de “maior corrupção do planeta”. Esqueceram o petrolão.

Tudo para apressar

Assim como a PEC Emergencial de Bolsonaro, a PEC Fura-Teto de Lula se juntou a outra PEC na Câmara, que está em análise mais avançada.

(Diário do Poder)

3 comentários:

São loucos, essa PEC vai elevar muito a inflação e quebrar de vez o país

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More