SIGA-NOS NO INSTAGRAM

quinta-feira, 1 de junho de 2023

Bezerra nasce sem as patas dianteiras e chama atenção com postura de ‘canguru’

Um caso de anomalia genética animal está chamando a atenção de curiosos, no município de Banabuiú. Uma bezerra nasceu sem as patas dianteiras e ainda assim, sobrevive há cerca de 15 dias. Quando tenta andar, como não tem auxílio das patas da frente, o animal lembra a postura de um canguru.

O fato teria ocorrido na localidade de Jurema Velha, e depois que foi mostrado pelo jornal Diário do Nordeste ganhou ainda mais repercussão. O agricultor e pecuarista Sebastião Firmo, de 57 anos, garante que nunca viu algo parecido antes.

“Nunca tinha visto isso na minha vida. Todo mundo achou curioso. Muita gente ligando e pedindo para ver a bezerra”, contou ao jornal. Ele não é o dono do animal, mas a bezerra está mantida num curral de sua propriedade, e recebe o auxílio de funcionários dele para alimentá-la.

Percebendo que o filho nasceu com defeito, a vaca que pariu a bezerra teria rejeitado o animal, e conforme Sebastião chegou a tentar pisotear o bicho, numa clara demonstração de negação. Por conta disso, eles são mantidos em currais separados.

De acordo com um médico veterinário ouvido pelo Diário do Nordeste, a bezerra em Banabuiú possui um problema chamado agenesia. Trata-se de uma alteração hereditária de desenvolvimento, identificada pela ausência ou formação incompleta de estruturas anatômicas. No caso dos órgão que são pares, pode ser unilateral ou bilateral.

Revista Central

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More