ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Empresário e família deixaram São Paulo para "fugir da violência"

Em entrevista ao Fantástico, Cláudia Magalhães disse que era sonho reunir a família para o Natal.
Após 21 anos morando em São Paulo, o empresário João Batista Magalhães, 41 - um dos reféns mortos durante operação policial em Milagres, no Ceará - havia se mudando para a cidade de Serra Talhada, em Pernambuco, para fugir da violência. Foi o que disse em entrevista ao Fantástico a viúva do empresário, Claudia Magalhães.

"A gente queria fugir da violência de São Paulo, mas a violência veio atrás dele", afirmou. Segundo a viúva, a família esperava a chegada dos parentes para celebrar o Natal. "Minha casa estava preparada para receber amigos e família, que era um sonho nosso, o de juntar a nossa família".

Além do marido e do filho Vinícius, Cláudia perdeu a irmã, Claudineide Souza Santos, o marido dela, Cícero e o filho do casal, Gustavo, de apenas 13 anos. Segundo conta, agora é preciso reunir forças para cuidar do filho menor, João Vitor, e da sobrinha de 21 anos, que ficou em São Paulo. "Prometi para minha irmã que eu vou cuidar da minha sobrinha e eu vou ter força. Agora eu serei o pai e a mãe de João Vitor e nós somos uma família", conta.

(Diário do Nordeste)

1 comentários:

Famílias todos luto.a lei seja pra todos.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More