ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Polícia Civil do Ceará passa por reestrutura e ganha novas delegacias como a de Combate à lavagem de dinheiro e de Proteção ao Meio-Ambiente

O estado do Ceará vai ganhar novas delegacias especializadas da Polícia Civil até o fim deste ano, entre elas, a de Proteção ao Meio-Ambiente, outra de Assuntos Internos, uma no Aeroporto Internacional Pinto Martins, além de uma delegacia e um laboratório de análise, controle e combate aos crimes de lavagem de dinheiro. Também serão criados na estrutura da Polícia Judiciária dois novos departamentos, entre eles, o de Proteção aos Grupos Vulneráveis, que inclui uma delegacia de Proteção ao Idoso e da Pessoa com Deficiência.

A criação de novas delegacias e departamentos na Polícia Civil do Ceará estão incluídas no decreto de número 32.987, datado de 22 de fevereiro último (quinta-feira), cujo teor foi publicado no Diário Oficial do Estado do Ceará, sob a chancela do governador Camilo Santana (PT). Trata-se da lei que dispõe sobre a Estrutura Organizacional e os Cargos em Provimento de Comissão da Superintendência da Polícia Civil. São 19 departamentos que vão coordenar toda a Polícia Civil cearense, desde as delegacias de bairro (distritais) aos novos órgãos, como um Centro de Inteligência, Análise e Apoio Técnico da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Para administrar todo o aparato da instituição e reprimir a criminalidade e violência, a Delegacia Geral (ou Superintendência da Polícia Civil), contará com novos órgãos como o Departamento de Recuperação de Ativos, onde se incluem a Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro.

O departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (novidade na estrutura da PCCE) vai coordenar os trabalhos de 13 delegacias, divisões e unidades, entre eles as Delegacias de Defesa da Mulher de Fortaleza, Crato, Caucaia, Iguatu, Icó, Juazeiro do Norte, Maracanaú e Sobral.

Mais cargos

A nova Delegacia de Proteção ao Idoso e Pessoa com Deficiência contará com uma secção específica de Investigações e Operações, à exemplo das Delegacias do Aeroporto Internacional Pinto Martins, de Proteção ao Meio Ambiente, Antissequestro e de Assuntos Internos.

Já o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai ganhar mais uma unidade, a sua 13ª delegacia, batizada de Delegacia de Desaparecimento de Pessoas.

Estranhamente, duas delegacias instaladas em Municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) passarão a ser integrantes do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte: as das cidades de São Gonçalo do Amarante e Paracuru. Já as delegacias de Polícia de Cascavel e e Pacajus, também da Zona Metropolitana de Fortaleza, serão integrantes do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Sul.

Com a nova estrutura já em vigor, haverá aumento no número de cargos de provimento em comissão (os cargos comissionados), passando de 453 para 472. Também pela lei foi criado o cargo de Assessor de Polícia Judiciária Especializada. Serão 10 cargos.

A reestrutura de cargos e unidade da Polícia Civil do Ceará passou a ter vigor no dia 1º de fevereiro, embora que somente publicada no Diário Oficial do último dia 22.

VEJA AS PRINCIPAIS NOVIDADES EM DELEGACIAS NO CEARÁ:

Delegacia do Aeroporto Internacional Pinto Martins
Delegacia de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência
Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente
Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro
Delegacia de Assuntos Internos
Delegacia de Desaparecimento de Pessoas
Laboratório de Análise, Controle e Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro 
Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis

(Blog do Jornalista Fernando Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More