ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Lava Jato investiga crimes que causaram prejuízos de R$ 6 bilhões

A 64ª fase da operação foi deflagrada hoje pela Polícia Federal.
A 64ª fase da Operação Lava Jato, denominada Pentiti, foi deflagrada nas primeiras horas da manhã de hoje (23) pela Polícia Federal (PF) para investigar crimes relacionados a recursos contabilizados em planilha denominada Programa Especial Italiano, gerida por uma grande empreita nacional.

Os crimes investigados são de lavagem de capitais, organização criminosa e corrupção ativa e passiva. As ações criminosas podem ter lesado os cofres públicos em pelo menos US$ 1,5 bilhão, equivalente, hoje, a aproximadamente R$ 6 bilhões.

Segundo a PF, também é objeto das investigações esclarecer a existência de corrupção envolvendo instituição financeira nacional e estatal petrolífera na exploração do pré-sal e em projeto de desinvestimento de ativos no Continente Africano.

Cerca de 80 policiais federais cumprem 12 mandados de busca e apreensão em endereços nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. As medidas cautelares foram autorizadas pela 13ª Vara Federal de Curitiba

“A investigação é complexa e trata de fatos abordados em diferentes inquéritos policiais, tendo sido impulsionada por acordo de colaboração premiada celebrado entre a PF e um ex-ministro de Estado investigado. Além da identificação de beneficiários da planilha Programa Especial Italiano e do modus operandi de entregas de valores ilícitos a autoridades”, diz PF.

Segundo a instituição, o nome Pentiti significa “arrependidos”. Ele faz referência a termo empregado na Itália para designar pessoas que fizeram parte de organizações criminosas e, após suas prisões, passaram a colaborar com as autoridades para o avanço das investigações. (CN7)

4 comentários:

Só esqueceram de dizer o nome do banco envolvido!
kkkkkkkkkkkkkkkk

Que besteira, eu digo, o banco é o BTGpactual do Paulo Guedes, hoje ministro.

Caros colegas, não vão perder seus preciosos tempos em discussão boba, hoje a corrupção é aceita e liberada, nunca se teve tanto ministro acusado de improbidades, a corrupção envolvendo a família do presidente é impossível de esconder.
Todos nós perdemos direitos e ainda vamos perder muito mais daqui pra frente.

Não há nenhum direito perdido idiota! O que há é corte de privilégio! Brasil tá mudando e pra melhor! Quanto ao presidente, manda o número do processo contra ele pois pelo qie sei não há nada contra o mesmo! Outra, BTG é do André Esteves, te informa com quem andava essa criatura!
Luladrão na prisão perpétua!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More