ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Guarany de Sobral vence Pacajus e assume a liderança do Cearense

Cacique do Vale leva vantagem com dois gols e fica no topo da tabela.
Em mais uma boa atuação no Campeonato Cearense, o Guarany de Sobral não encontrou muitas dificuldades para ser superior em campo e vencer o Pacajus. Resultado leva a equipe à liderança na tabela, com 9 pontos. Já o Pacajus segue fora da zona de classificação, com 3 pontos, em posição intermediária.

No início da partida, as equipes tiveram dificuldades para se adaptar à condição do gramado, que estava muito úmido após chuva torrencial em Sobral. Guarany e Pacajus se estudavam e apostavam na troca de passes rasteiros, mas velocidade que a bola tomava no campo molhado prejudicava investidas dos dois lados. A primeira chance foi do Cacique do Vale, aos 5 minutos. Siloé mandou bola forte na trave e assustou. O Guarany conseguiu dominar grande parte do primeiro tempo com grande pressão ofensiva. Com defesa compacta, o Pacajus tentava encontrar brechas para contra-atacar pelas pontas, no entanto, era travado na maioria das tentativas ainda na zona intermediária.

O Índio só foi encontrar oportunidade para sair na vantagem aos 29 minutos de jogo, no que foi o lance de maior perigo do primeiro tempo. Tabelinha entre Bersan e Marcos Wesley deixou o número 27 do Pacajus na frente do gol, mas goleiro Mauro se posicionou bem e frustrou a finalização com grande defesa. O lance fez o ritmo da equipe visitante aumentar e deixar confronto mais parelho. No fim da primeira etapa, o Guarany ainda teve chance de ouro com Patuta, que recebeu bola na cara do gol, sem marcação, e desperdiçou com finalização por cima da trave.

No recomeço da partida, o destaque foi, no mínimo, inusitado. A primeira alteração do jogo foi na arbitragem. O árbitro que conduzia a partida, César Magalhães, sentiu um mal-estar durante o jogo, reclamou de dores e sinalizou para a assistência de arbitragem pedindo para deixar o campo. A pressa era tanta que não teve tempo nem para falar com os repórteres que o abordaram na saída do local de jogo. O quarto árbitro Wladyerisson Oliveira substituiu o colega. Em seguida, César voltou à campo como quarto árbitro.

A vantagem no jogo só chegou aos 30 minutos. Esquerdinha recebeu em profundidade de Siloé, avançou com velocidade, driblou o goleiro e não teve obstáculos para marcar o gol que abriu o placar. Na hora da comemoração, a empolgação foi tanta que custou ao atleta um cartão amarelo. O resultado se consolidou com alteração perspicaz do técnico Washington Luiz, que inseriu Lopeu no jogo. Na primeira oportunidade que teve, o atacante ampliou o placar com belo gol de fora da área. Passou pela marcação, dominou com frieza e mandou uma bomba para o gol aos 37 minutos.

Na próxima rodada, o Guarany terá o desafio de encarar o Ceará, fora de casa, na Arena Castelão, no sábado (29), às 16h. No mesmo dia e horário, o Pacajus tentará se reerguer no certame diante do Caucaia, no Ronaldão.

Com informações do Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More