sábado, 7 de novembro de 2020

Artigo - Sobral de alma lavada

..."a política deveria ser uma aliada do cidadão contra o medo, ao proporcionar segurança, geração de emprego, educação de qualidade, saúde, lazer, inclusão social e boas perspectivas de futuro para a juventude", aponta em artigo o empresário Boni Oliveira.

Eu não entendo muito da política. Mas eu entendo das pessoas. Sei que pessoas boas fazem coisas boas, assim como pessoas más fazem coisas más. E assim tenho vivido longas décadas de paz, felicidade e bons princípios. O segredo foi me cercar de boas pessoas.

Mas, há algum tempo, a minha boa gente anda entristecida, principalmente nos últimos anos. Eu nunca tinha visto tantas pessoas cabisbaixas e olhando para os lados quando vai falar algo sobre a política em Sobral. Igual a muitos que têm medo quando comentam as atrocidades das facções que mandam em seus bairros.

Ora, a política deveria ser uma aliada do cidadão contra o medo, ao proporcionar segurança, geração de emprego, educação de qualidade, saúde, lazer, inclusão social e boas perspectivas de futuro para a juventude.

Mas não é o que tem ocorrido em Sobral, diante de relatos de perseguições ao trabalhador, da intimidação a servidores públicos e até ameaças a pais de famílias de impedi-los de sustentar seus lares, desde o aumento exorbitante no IPTU até uma “recomendação” a empregadores de negar trabalho aos que se opõem à administração municipal.

Mas, ontem, eu vi a esperança. Verde, da cor que ele vestia. Já haviam me falado do Professor Oscar, que também já havia me surpreendido em uma caminhada pelo bairro, quando, espontaneamente, vizinhos passaram a segui-lo nas visitas às residências.

Foi no debate com o atual prefeito, transmitido pelo Facebook. O Professor Oscar falou o que há muito andava engasgado na garganta do povo sobralense. Enquanto o atual prefeito pedia insistentemente mais quatro anos para fazer o que não fez nesses quatro, o professor falava em mudança.

É uma palavra forte. Mudança na boca dos fracos soa como covardia, mentira. Mas, na boca daquele homem de verde, mudança atinge o coração e a alma dos oprimidos. Foi então que, após anos, uma lágrima escorreu pelo meu rosto. Sim, eu sou um oprimido. Mas, somente ontem pude perceber. Por mais de duas décadas, eu me escondi no descaso, na omissão, no “tanto faz”.

Percebi com mais clareza os cabelos brancos, escuros há 24 anos. E voltei a chorar por homens e mulheres que hoje, na casa dos 40 anos, nunca viram mudança em Sobral. Desde adolescentes, esses homens e mulheres viram a ideologia de um só grupo político. E a vida vale pelas experiências.

No debate, ali estava um homem de coragem, assim como corajosa é a sua própria história de vida. Não há como comparar a trajetória dos dois candidatos. Um lutou contra todas as adversidades da vida de cabeça erguida. E venceu. O outro vai herdando toda a sua trajetória política, no rastro dos irmãos. E ainda acredita ser um vencedor.

Acuado, massacrado e ofuscado pelo brilho de seu adversário, eu até me identifiquei com o Ivo, por meio do seu descaso e da sua omissão de como tratou o debate que mexe com a vida dos sobralenses. Ivo entrou com uma estratégia simplória: “eu não vou entrar no seu jogo”, como forma de fugir dos questionamento aos quais tem obrigação de responder por ainda estar na condição de prefeito, e “peço mais uma oportunidade”, como se isso fosse uma mera formalidade para um segundo mandato, diante do que acredita ser sua herança política.

Eu não quero me esconder mais. Eu quero o sentimento da mudança que está no brilho do olhar do Professor Oscar. Eu quero entrar 2021 com o Novo Normal, com uma nova Sobral. Mais que tudo, quero isso também para o povo sobralense, pois ainda sei que pessoas boas fazem coisas boas...

Boni Oliveira, 62, é empresário.

3 comentários:

Acho muita trieteza qm fala mal da politica de sobral

Só faltou na sua percepção ter enxergado o fato do Oscar está completamente desequilibrado o debate todo, será que vc realmente assistiu o debate caro escritor?

Povo Sobralense a hora é agora, as urnas estão logo ali, esperando por vocês, chega de tanta opressão, arrogância, descaso com o dinheiro público, insegurança, apadrinhamentos, ricos cada vez mais ricos, pobres sendo perseguidos em seu pão de cada dia.... Muda Sobral, é hora de se libertar!!!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More