segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Bolsonaro: “Vacina emergencial não obrigatória está a caminho”

Na manhã desta segunda-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter para dizer que a vacina emergencial contra a Covid-19 está “a caminho” e enaltecer o tratamento precoce. Na publicação, ele reafirmou que o imunizante não será obrigatório e anexou um vídeo que defende o uso de medicamentos para a diminuição da carga viral.

– O tratamento precoce salva vidas. A vacina emergencial (depois de certificada pela Anvisa) e não obrigatória está a caminho – escreveu.

No vídeo compartilhado pelo presidente, o pediatra e toxicologista Anthony Wono cita o uso de medicamentos como o vermífugo Annita, a Ivermectina, Hidroxicoloquina e Azitromicina no início da infecção por Covid-19, e afirma que países que seguiram o protocolo tiveram mortalidade de 50 a 80% menor.

VACINAS NO BRASIL

Esta semana é de grandes expectativas acerca dos avanços na corrida pela vacina contra a Covid-19 no Brasil. O secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou que a CoronaVac deve solicitar o uso emergencial e registro definitivo à Anvisa até terça-feira (5).

Já a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) deve pedir a autorização emergencial para o imunizante de Oxford em parceria com a AstraZeneca também essa semana. Há ainda a possibilidade de que a Pfizer faça o mesmo. A farmacêutica recuou de afirmação de que pediria apenas o registro definitivo, depois que a Anvisa alterou trechos das regras para o pedido emergencial.

(Pleno News)

3 comentários:

Presidente chantagista como esse está pra nascer.Vamos criar vergonha eleitores brasileiros e saber dar o seu voto.

Larga de ser besta doidim, já existe reinfecção de vacinados.Se vacina resolvesse não existia nem gripe.

Mais o povo ja criou vergonha. Deixou de votar no Lula. Mamada acabou

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More