SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Advogado tem surto, ameaça atirar e é controlado por agentes de segurança em Fortaleza

Corpo de Bombeiros e PM foram acionados após o profissional ameaçar atirar em frente ao escritório onde trabalha.
Forças de segurança do Ceará se mobilizaram no início da manhã desta segunda-feira (5) para impedir que um advogado disparasse tiros no Centro de Fortaleza. O profissional, cuja identidade não foi revelada pela polícia, teve supostamente um surto psicótico. A ocorrência foi registrada no Edifício General Tibúrcio, na Rua São Paulo, onde ele tem um escritório.

Com a informação de que o advogado estaria ameaçando atirar em frente à Praça dos Leões, o Corpo de Bombeiros foi acionado para o local por volta de 4h. Em seguida, também compareceram composições do Polícia Militar e Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM.

Durante as tentativas de negociação, que se estendeu por quase duas horas, a PM interditou a Praça dos Leões e o cruzamento das ruas Floriano Peixoto com São Paulo.

Um "sniper", ou seja, atirador de elite da polícia chegou a se posicionar em um outro prédio para observar o comportamento do advogado, que permaneceu em silêncio ao longo de boa parte da negociação.

ABORDAGEM

Segundo o Tenente-coronel Edir Paixão, especialista em abordagem, o advogado "não reagiu e nem foi violento" após a polícia arrombar a porta da sala onde ele estava.

O homem foi levado por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM), em Messejana.

Ainda segundo Paixão, o advogado nega ter tido um surto, mas a mãe confirmou o problema. Ela disse também aos policiais que o filho é atirador profissional.

(Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More