SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

terça-feira, 31 de agosto de 2021

Envolvido em escândalos, PT elabora “manual anticorrupção”

O Partido dos Trabalhadores comunicou formalmente à Justiça Eleitoral que está elaborando um “Programa de Combate Ostensivo à Corrupção”. Trata-se de uma espécie de manual contra uma série de práticas criminosas, as quais já levaram seus dirigentes e integrantes para a cadeia. As informações são da revista Crusoé.

O manual possui 21 artigos que “reforçam os valores” do Código de Ética e Conduta da sigla. No total, o partido lista oito práticas “consideradas ilícitas”, como pagamento de propina ou caixa 2 de campanha.

O documento afirma que o integrante que “comprovadamente” praticar uma das condutas proibidas será “demitido e processado” pelos danos morais causados ao partido e que a legenda “comunicará as autoridades competentes acerca dos ilícitos cometidos pelos seus integrantes ou colaboradores”.

O manual foi elaborado por um escritório de advocacia de Curitiba contratado pela presidente do PT, Gleisi Hoffmann. Ela mesma é investigada por suspeita de beneficiar-se dos esquemas que o manual condena.

A encomenda do documento ocorreu em 2019, época em que o ex-presidente Lula ainda estava preso em Curitiba por corrupção e lavagem de dinheiro nos casos do tríplex do Guarujá e do sítio de Atibaia.

Vale lembrar que, envolto em escândalos como o mensalão e o petrolão, o PT nunca chegou a punir seus integrantes condenados por corrupção e nunca fez um mea culpa pelos casos.

A entrega do “Programa de Combate Ostensivo à Corrupção” deve ocorrer em novembro deste ano. O prazo foi adiado devido a dificuldades causadas pela pandemia, segundo relatou o partido.

(Pleno News)

3 comentários:

Kkkkkk.0 Querem enganar a quem novamente?

O Messias "salvador" tá no caminho...Se deixasse investigar a família...Para eleição ele qer transparência.Mas para assuntos dele e família 100 anos de sigilo... CONTRADITÓRIO NAO?!?!

Agora quebrou dentro e escondeu a ponta

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More