quinta-feira, 3 de março de 2022

Piloto ucraniano sai da aposentadoria para lutar contra a Rússia, é abatido e vira herói

Um conhecido piloto de caça ucraniano decidiu voltar à ativa para defender o seu país, e foi lembrado hoje após o seu “sacrifício” final.
O seu nome é Oleksandr Oksanchenko, um coronel da reserva da Força Aérea da Ucrânia que decidiu voltar ao serviço quando a Rússia invadiu o seu país. Oleksandr não era apenas mais um experiente piloto de caça, mas o mais famoso piloto de demonstração do Sukhoi Su-27 Flanker, principal jato de combate da Ucrânia e o mais famoso dos caças russos (soviéticos) modernos.

As suas demonstrações em shows aéreos pela Europa eram bastante conhecidas e admiradas pelo público e pilotos estrangeiros, sendo que ele era capaz de demonstrar o voo do Flanker em seu limite.

O Coronel Oksanchenko se aposentou em 2019 mas voltou à ativa poucos dias atrás, assim que a Rússia invadiu a Ucrânia. As missões em que ele atuou não foram divulgadas, mas ele acabou sucumbindo à guerra.

Os militares do país divulgaram nota na segunda-feira (28), informando que o coronel foi morto durante uma batalha aérea (embora alguns reportes indiquem que ele foi abatido por uma batéria anti-aérea S400 russa), enquanto distraia o inimigo para proteger seus colegas em solo.

Após a confirmação da morte, o presidente Volodymyr Zelensky concedeu à Oleksandr o titúlo post-mortem de Herói da Ucrânia.

Fonte: Aeroin

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More