ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

quarta-feira, 13 de julho de 2022

Três pessoas morrem e duas ficam feridas após suspeito invadir casa da família da ex-mulher

Três pessoas de uma mesma família morreram e outras duas ficaram feridas após um ataque a tiros no bairro Progresso, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Hervane Carlos de Jesus Rezende, de 35 anos, é suspeito de cometer o crime na tarde desta terça-feira (12).

Entre as vítimas estão a ex-companheira de Hervane, a mãe e o pai dela, além das duas irmãs. Nisimara Pereira da Silva, ex-companheira de Hervane, e a mãe dela, Adalcida Pereira de Araújo, foram socorridas para a UPA de Brumadinho, mas não resistiram aos ferimentos e tiveram a morte confirmada na unidade de saúde.

Nisiquele Pereira de Araújo e Nisiane Mary Pereira de Araújo, irmãs de Nisimara, foram transferidas para o Hospital Regional de Betim, na Grande BH. Nisiane também não resistiu e morreu no hospital. Celso Pereira de Araújo, pai de Nisimara, foi socorrido para o Hospital da Unimed, em Betim. Segundo a PM, ele não corre risco de morrer.

De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), os corpos das vítimas serão submetidos ao exame de necropsia no Posto Médico Legal, em Betim. Ainda, segundo a instituição, até às 9h20 desta quarta-feira (13), o suspeito, de 35 anos, não tinha sido localizado.


O crime

De acordo com a polícia, Hervane e Nisimara estavam separados há 30 dias. O homem esteve na casa da ex, nesta tarde, para buscar os filhos de 5 e 7 anos. A intenção era levar as crianças para um sítio. Durante o encontro, ele acabou se desentendendo com uma das irmãs de Nisimara e, então, afirmou que mataria toda a família.

O suspeito foi até o carro dele, estacionado em frente à casa, e pegou uma arma. Os parentes de Nisimara tentaram impedir o crime, mas acabaram atingidos pelos disparos. Ainda segundo a PM, vizinhos contaram que o homem é violento e fazia constantes ameaças à família. Porém, os moradores não acreditavam que ele seria capaz de cometer qualquer crime. Não há registros na polícia envolvendo o Hervane e as vítimas.

A polícia informou que o suspeito fugiu armado e a pé, abandonando o carro. Policiais encontraram o restante da munição dentro do veículo. Testemunhas contaram que Hervane seguiu em direção ao rio Paraopeba, nas proximidades do local do crime. Militares fazem buscas na região com apoio de cães farejadores e do helicóptero da corporação.

Os policiais encontraram o registro da arma utilizada pelo suspeito. Ele não tem antecedentes criminais. Até a última atualização desta reportagem, o homem não havia sido localizado.

Portal G1

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More