segunda-feira, 22 de agosto de 2022

Ciro Gomes: Lula considera o povo um “bando de imbecil”

Candidato ao Palácio do Planalto, Ciro Gomes (PDT) voltou a criticar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta segunda-feira (22). O ex-ministro do governo petista afirmou a varejistas que Lula “considera o povo um bando de imbecil”.

Esse foi apenas mais um entre uma série de comentários negativos do ex-governador do Ceará contra o ex-presidente nos últimos meses. Dessa vez, a declaração foi dada durante um evento do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo, em São Paulo.

– Lula considera o povo um bando de imbecil, que tem que ser excitado por essa memória afetiva mentirosa. Ele nunca promoveu picanha e cerveja para o povo – disparou o pedetista.

Ainda segundo Ciro Gomes, o líder das pesquisas de intenções de voto à Presidência da República “não tem a menor ideia do que aconteceu com o Brasil e no mundo”.

– Quando terminou o mandato do Lula, cinco brasileiros acumulavam a renda dos 100 milhões de brasileiros mais pobres. Esse é o fato. Fez menos reforma agrária que o Fernando Henrique. Patrocinou o lucro do setor financeiro oito vezes superior ao Fernando Henrique – defendeu.

Na terceira colocação em todos os levantamentos eleitorais, Ciro tem usado como estratégia o ataque aos dois favoritos entre os eleitores. Portanto, além de Lula, ele também disparou ofensas contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). Neste contexto, chamou o chefe do Executivo de “fascista”.

– Lula conseguiu essa lambança de juntar tudo o melhor dos artistas, intelectuais porque o Bolsonaro é um malcriado e agora é um fascista. Então, todo mundo é fascista se não for corrupto, como o Lula quer que seja. Eu mesmo já fui um garoto prodígio e hoje sou inimigo preferencial. Pouco me importa – completou.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More