ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

terça-feira, 27 de setembro de 2022

Prefeitura trava atendimento da Santa Casa

Prefeitura devolve ao Estado recursos que deveriam ser repassados à Santa Casa de Sobral. A verba foi creditada na conta da Prefeitura no dia no dia 16 de setembro. Uma semana depois, dia 22 de setembro, sem qualquer explicação, o dinheiro foi devolvido ao Estado.

Desde o dia 6 de julho passado, quando a Santa Casa ameaçou fechar as portas por dificuldades financeiras, o Governo do Estado, em reunião na Secretaria da Saúde do Estado, prometeu socorrer o hospital sobralense. A promessa não se concretizou até nova crise da Santa Casa, que paralisou o atendimento a novos pacientes de câncer, agora em setembro. Em nova reunião, ficou decidido o repasse de R$ 6.656.353, que foi depositado na conta da Prefeitura de Sobral no dia 16 de setembro. Mas o dinheiro, que deveria ser repassado à Santa Casa, foi devolvido aos cofres estaduais no dia 22 de setembro, mesmo depois de o Prefeito de Sobral garantir aos sobralenses que não deixaria a unidade fechar por falta de recursos.

A verba do Fundo Municipal de Saúde – FMS de Sobral/CE foi garantida pelo Estado em reunião realizada entre o provedor da SCMS, dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, o diretor-geral da SCMS, Dr. Klebson Carvalho Soares, e representantes da Secretaria de Saúde do Estado, Dr. Carlos Hilton Albuquerque Soares, Dra. Tânia Mara Silva Coelho e Dra. Monica Souza Lima, para garantir a continuidade dos serviços do hospital.

A Prefeitura efetuou a devolução sem qualquer satisfação, segundo o coordenador do Serviço de Oncologia da SCMS, cirurgião oncológico José Erialdo da Silva Júnior. “A entidade não recebeu satisfação nenhuma até agora”, sobre a devolução do recurso pelo executivo”, disse.
O Portal Paraíso entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde de Sobral, para saber os motivos da devolução do dinheiro, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

De acordo com a nota da Santa Casa, emitida dia 20 de julho, “o recurso seria utilizado para o pagamento de valores devidos aos profissionais médicos da instituição e na aquisição de medicamentos para melhor atender a população dos 55 municípios da região”.

Ainda de acordo com a nota, o “repasse ocorreu em cumprimento à Resolução CESAU Nº55/2022, que trata sobre aprovação financeira do Fundo Estadual de Saúde (Fundes), para o Fundo Municipal de Saúde – FMS de Sobral/CE, a fim de executar o pagamento à Unidade de saúde”.

Recentemente por falta de recursos financeiro o atendimento de novos casos do setor de Oncologia da Santa Casa foi suspenso depois da saída dos médicos por estarem com salários atrasados. Em Nota de Esclarecimento a unidade disse que “não foi possível enfrentar as adversidades, sobretudo financeiras, com valores de repasse do Sistema Único de Saúde (SUS) em Oncologia sem reajuste há 10 anos, associado com a disparada dos custos de medicamentos e materiais hospitalares”.

A suspensão do atendimento afetou centenas de pessoas. Quem pode está indo indo para Fortaleza, com o objetivo de continuar o tratamento. É o caso do representante de vendas Doriedson Marques, 53 anos, que mora no Alto do Cristo. Ele é tio de um paciente que fazia quimioterapia, cujo tratamento foi cancelado devido a saída dos médicos. “Quem não pode sair de Sobral, vai morrer. Quantas pessoas não estão fazendo esse tratamento? É um sofrimento grande. A Santa Casa não pode estar sem o serviço de oncologia.” disse.

Sobre a paralisação do Serviço de Oncologia a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará soltou nota dizendo “ter sido surpreendida com a suspensão do serviço e que irá tomar as medidas necessárias para garantir a continuidade do atendimento”.

Por Edwacyr Santos / Sistema Paraíso

1 comentários:

Enquanto isso quem sofre são os pacientes que não tem culpa dessa birra.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More