ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

domingo, 2 de outubro de 2022

Lula vota em São Bernardo com Alckmin e Haddad

O ex-presidente Lula (PT), candidato à Presidência, votou na manhã deste domingo, 2, na escola estadual João Firmino, no bairro Assunção, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

O petista estava acompanhado de seu vice, Geraldo Alckmin (PSB); de sua esposa, a socióloga Rosângela da Silva, a Janja; da presidente do PT, Gleisi Hoffmann; e do candidato do PT ao Governo de São Paulo, Fernando Haddad.

Em discurso após votar, Lula beijou o comprovante e disse que quer fazer com que o Brasil volte à “normalidade” e afirmou que o povo não quer “ódio e discórdia”, mas sim “esperança”.

“Eu estou aqui, votando com reconhecimento da minha total liberdade e com a possibilidade de voltar a ser presidente da República deste país, para tentar fazer o país voltar à normalidade, para tentar fazer voltar esse país a cuidar do seu povo, para tentar fazer esse país ter emprego, salário, educação, saúde, respeito com cada ser humano. Nunca mais permitir que esse país tenha um presidente da República que trate com o desrespeito que foi tratada a pandemia da Covid-19 aqui neste país. Que nunca mais tenha um presidente que permita que morra tanta gente por falta de responsabilidade do presidente. […] Nós não queremos mais ódio, discórdia, queremos um país que viva em paz, que viva em esperança, que acredite no futuro, um país que possa produzir e construir seu próprio futuro a partir da participação da sociedade brasileira”, afirmou.

O petista, que foi preso na Operação Lava Jato, disse que essa é a eleição mais importante.

“Essa é a eleição mais importante para mim. É engraçado porque eu já votei em mim em 1989, em 1994, em 1998, 2002, 2006. Fiquei sem votar em mim em 2010, 2014 e 2018. E, agora, estou voltando, outra vez, no 13. E esse 13 sou eu mesmo. Então, estou muito feliz. Acho que, a gente ganhando as eleições aqui e em São Paulo, eu tenho certeza que o Alckmin e eu, juntos, com o povo brasileiro, a gente vai dar conta de fazer esse país voltar a ser feliz. É tudo o que o povo deseja: voltar a ser feliz”, disse o ex-presidente.

Com informações Diário do Poder

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More