quarta-feira, 14 de dezembro de 2022

SOBRAL ESTÁ EM ALERTA ELEVADO PARA CRESCIMENTO DE CASOS DE COVID-19

Há pouco mais de 10 dias, 27 cidades do Ceará tinham classificação moderada ou grave para aumento de casos da Covid-19. Atualmente, o número subiu para 79, o que representa cerca de 43% dos 184 municípios do Estado.

Os dados são do Centro de Inteligência em Saúde do Estado (CISEC), da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), baseados na plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). A análise é da manhã desta terça-feira, 13 de dezembro.

Das 79 cidades, 44 estão no alerta mais alto, quando o aumento é superior à média de base. Entre elas, estão Caucaia, Eusébio, Iguatu, Quixadá e Sobral.

O painel do Cisec ressalta que o nível máximo sugere “forte indício de novo período epidêmico, como um novo micro surto, ou mesmo como parte de uma nova onda estadual, a conferir pela evolução temporal”.

Em relação ao período anterior, Fortaleza saiu do alerta grave para o moderado, quando o número de casos ainda não é tão substancial. Ao todo, são 35 cidades nessa situação, como Canindé, Boa Viagem e Guaramiranga.

Os demais 107 municípios “demonstram condições de estabilidade”, conforme o levantamento.

O Centro de Inteligência busca informar o crescimento da curva epidêmica no Estado, levando em consideração duas médias de casos: a do intervalo entre a primeira e a segunda onda e a dos últimos 5 dias.

Segundo o IntegraSUS, a taxa atual de positividade é de 32,36%, ou seja, praticamente um a cada três exames confirma a infecção pelo vírus no paciente.

CENÁRIO EPIDEMIOLÓGICO NO ESTADO

Desde o fim de outubro, a Covid-19 voltou a preocupar as autoridades de saúde. Diagnósticos positivos têm se mantido em alta; Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) voltam a receber maior demanda por síndromes gripais, e o uso de máscaras em ambientes fechados voltou a ser recomendado.

Especialistas atribuem o aumento à introdução das sublinhagens BQ.1 e BE.9 da variante Ômicron. Contudo, na análise do boletim mais recente da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS), “o cenário atual ainda é de circulação viral elevada, mas com tendência de redução”.

Casos graves e mortes não voltaram a crescer. A Sesa recomenda a busca pela atualização do esquema vacinal com quatro doses, para adultos, porque é a única maneira de minimizar os efeitos da doença.

CIDADES COM ALERTA MODERADO

Abaiara
Araripe
Arneiroz
Barbalha
Barreira
Baturité
Beberibe
Boa Viagem
Canindé
Cariús
Catarina
Farias Brito
Fortaleza
Fortim
Granja
Groaíras
Guaraciaba do Norte
Guaramiranga
Horizonte
Icapuí
Irauçuba
Itaiçaba
Itarema
Jati
Jijoca de Jericoacoara
Madalena
Marco
Monsenhor Tabosa
Novo Oriente
Ocara
Santana do Cariri
São João do Jaguaribe
Tabuleiro do Norte
Tarrafas
Tejuçuoca

CIDADES COM ALERTA GRAVE

Acaraú
Alto Santo
Apuiarés
Aquiraz
Aracati
Aratuba
Barro
Campos Sales
Capistrano
Caririaçu
Cascavel
Caucaia
Chorozinho
Choró
Ererê
Eusébio
Guaiúba
Iguatu
Itaitinga
Jaguaribe
Jaguaruana
Jucás
Maracanaú
Maranguape
Mauriti
Mucambo
Mulungu
Orós
Pacatuba
Palmácia
Paracuru
Paraipaba
Paramoti
Pedra Branca
Quiterianópolis
Quixadá
Quixeramobim
Reriutaba
Russas
Saboeiro
Sobral
Tamboril
Tauá
Tianguá

Com informações do Diário do Nordeste

4 comentários:

Carnaval ja vem ai e Deus que está no Céu nao esqueceu da blasfemia que fizeram com seu filhoJesus Cristo no carnaval ....

O nosso Deus nao esqueceu a blasfemia que fizeram com Jesus Cristo no carnaval...carnaval ja.vem ai...

Se tiver outra campanha política a doença desaparece rapidinho, vamos lá autoridades, inventem alguma eleição aí para conter o avanço do vírus

Todo mundo vacinado e os casos não param de aumentar! Explica aí pra mim?!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More