sexta-feira, 16 de dezembro de 2022

“Vírus do Camelo” deixa jogadores da França “baqueados” antes da final na Copa no Qatar

Após vencer Marrocos por 2 a 0 e carimbar a vaga na grande final da Copa do Mundo, a França sofre com jogadores doentes com sintomas gripais. A enfermidade está sendo chamada no Catar de “vírus do camelo”. O treinador Didier Deschamps tem as dúvidas de três atletas para a partida de domingo (18), contra a Argentina.

Theo Hernández, da França, provoca Messi antes da final da Copa: ‘não nos assusta’
Os detalhes foram repassados pelo técnico francês em coletiva de imprensa após a vitória sobre a seleção marroquina. Upamecano, Rabiot e Kingsley Coman são os atletas acometidos pela enfermidade, que causa forte dor de garganta. Eles não entraram em campo na semifinal.

“O Coman teve febre de manhã. Em Doha as temperaturas baixaram um pouco, mas mesmo assim tem ar condicionado ligado o tempo todo. Tivemos alguns casos de sintomas parecidos com gripe. Estamos tendo cuidado para o vírus não propagar ainda mais”, explicou Didier Deschamps.
O comandante francês destacou que os jogadores estão separados do restante do elenco. Não foi informado se os jogadores irão retornar às atividades até o confronto decisivo contra a Argetina.

VÍRUS DO CAMELO

A aglomeração de pessoas no Catar e o contato com camelos fizeram aumentar os casos de torcedores adoentados com a Mers (Síndrome respiratória do Oriente Médio). Os infectados pelo “vírus do camelo” têm dificuldades respiratórias e febre.

Via CM7

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More