terça-feira, 17 de janeiro de 2023

Ministro da Educação anuncia reajuste de quase 15% no piso salarial dos professores

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou nesta segunda-feira (16) um reajuste de quase 15% no piso salarial dos professores, que passará de R$ 3.845,63 para R$ 4.420,55.

Segundo o MEC, a portaria que estabelece o novo piso vai ser publicada ainda nesta semana no "Diário Oficial da União".

A lei do piso salarial dos professores, sancionada em 2008, estabelece que o reajuste deve ser feito anualmente, no mês de janeiro.

Em 2022, o reajuste para os professores foi de 33,24%, passando de R$ 2.886 para R$ 3.845,63.

O piso salarial é definido pelo governo federal, mas os salários da educação básica são pagos pelas prefeituras e pelos governos estaduais.

(A Voz de Santa Quiteria)

2 comentários:

Não concordo com essa história do governo jogar dinheiro em professor porque a qualidade do ensino e péssima, ganham dinheiro como que sejam super formados e muitos não são, muitas matérias nem aula tem e quando tem e uma aula precária que deixa a desejar, a matéria de história mesmo do primário contam histórias inventadas e absurdas que não condizem com a realidade.

O governo não está jogando dinheiro em professor,isso é o mínimo direito que deve ser respeitado.Os professores da rede pública tem uma boa formação sim,aliás são os mais bem qualificados.Se tem escolas que não tem aula isso é responsabilidade do governo .Se muitas aulas são precárias é porque falta estrutura e material pedagógico.Aliás esse aumento está muito abaixo do que um professor trabalha.
Interessante os médicos,um dos profissionais mais folgados e que menos trabalham ganham salários exorbitantes,atendem mal e de forma errada. Não estão nem aí pra nenhum paciente,deixam as pessoas horas esperando um atendimento e quase ou raramente alguém reclama.. .

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More