quarta-feira, 29 de julho de 2015

Mais um acidente é registrado na Bezerra de Menezes. Carro capota seis vezes e guiador fica ferido

O carro virou depois que um dos pneus dianteiros tocou no "gelo baiano"
Uma pessoa ficou ferida em conseqüência de mais um acidente de trânsito na Avenida Bezerra de Menezes, que desde abril último passou a receber um novo modelo de tráfego, com faixas exclusivas para o transporte coletivo, além da implantação de paradas no canteiro central e a instalação de 11 estações de embarque/desembarque.

Na noite desta terça-feira (28), um carro de passeio capotou seis vezes após um dos pneus tocar no “gelo baiano”, bloco de cimento colocado para separar as pistas exclusivas para ônibus das outras destinadas aos demais veículos. Mas, segundo agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e testemunhas do acidente, o veículo trafegava em alta velocidade.

O carro capotou, pelo menos, seis vezes a poucos metros da esquina com a Rua José de Barcelos, bem próximo da sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e do Instituto dos Cegos, no limite entre os bairros São Gerardo e Monte Castelo.

O guiador contou aos agentes da AMC que tentou desviar de uma moto que teria cruzado na sua frente, tocando o pneu nos blocos de cimento, levando ao capotamento.

Acidentes e mortes

O novo sistema de tráfego na Avenida Bezerra de Menezes ainda não foi assimilado pelos motoristas da Capital. Os acidentes ali se tornaram constantes e quase diários. Há duas semanas, um ciclista morreu atropelado por um ônibus ao cair de sua bicicleta quando desviava de uma arvora existente no meio da ciclovia.

Já uma mulher de 60 anos foi a primeira vítima fatal do novo sistema, ao ser atropelada por um ônibus quando tentava atravessar a faixa exclusiva para coletivos, no bairro São Gerardo. Pelo menos, dois motoqueiros também morreram em colisões nos cruzamentos com as ruas Justiniano de Serpa e Olavo Bilac. 

Fonte: www.blogdofernandoribeiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More