sexta-feira, 10 de abril de 2020

Presos soltos não respeitam isolamento e voltam a cometer crimes

Benefício da prisão domiciliar foi concedido a condenados que fazem parte do grupo de risco da Covid-19. 

Condenados que ganharam o benefício de ficar em casa por fazerem parte do grupo de risco do novo coronavírus voltaram a cometer crimes.

Numa operação em Passo Fundo, no norte do Rio Grande do Sul, policiais foram até as casas de 148 presos que tiveram direito à prisão domiciliar: 26 deles não estavam em casa. Outros deram endereço falsos.

A prisão domiciliar foi concedida a quase 1,9 mil presos em meio à pandemia do Covid-19. 

Em poucos dias, segundo fontes da polícia ouvidas pelo Jornal Nacional, presos que foram soltos voltaram a cometer crimes como assalto e tráfico de drogas.

O delegado Fábio Motta Lopes, subchefe da Polícia Civil, explicou que “esses presos já voltaram para a cadeia”:

“Uma amostragem que foi feita, uma análise durante seis dias: durante esse período de tempo, nós temos 12 indivíduos que voltaram a delinquir depois que foram soltos em razão da pandemia.”

(Renovamídia)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More