sábado, 9 de maio de 2020

Médico que virou símbolo de superação da Covid tem alta

Após 50 dias internado num hospital particular de Curitiba, o médico Jamal Munir Bark, de 59 anos, recebeu alta nesta sexta-feira (8). Ele contraiu a Covid-19 cuidando de um paciente numa Unidade de Pronto Atendimento da capital paranaense e passou 39 dias na UTI.

Por ter sido um dos primeiros pacientes internados com a doença em Curitiba, o médico se tornou um dos símbolos da recuperação da Covid-19 na capital. Nos boletins diários da prefeitura, o estado de saúde dele era motivo de citação especial.

Ao deixar o hospital, Jamal foi acompanhado e aplaudido por dezenas de profissionais que o atenderam. Eles montaram um corredor com mensagens e prepararam uma homenagem musical para a despedida.

– Se eu pudesse, gostaria de apertar a mão de cada um – agradeceu o médico, que agora vai continuar o tratamento em casa.

Sem histórico de doença prévia, o profissional chegou ao pronto atendimento apresentando quadro de febre no dia 19 de março.

Diagnosticado com pneumonia viral, seu quadro evoluiu rapidamente para insuficiência respiratória aguda com necessidade de intubação.

Ele ficou sedado e em ventilação, sofreu de disfunção renal e arritmia cardíaca, e foi submetido também a traqueostomia. O hospital informou em nota que a “melhora clínica foi lenta, gradual, mas progressiva”.

(Folhapress)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More