SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

domingo, 11 de julho de 2021

Jean celebra derrota da Seleção: "Quase toda bolsonarista"

O ex-deputado federal Jean Wyllys (PT) celebrou nas redes sociais a derrota da Seleção brasileira para a Argentina, pela final da Copa América, que aconteceu na noite deste sábado (10), no Maracanã. Como justificativa, o jornalista afirma que os jogadores da Seleção são “quase todos bolsonaristas” e que o resultado significa dá “menos poder ao fascismo”.

– Entendo nada de futebol. Mas estava torcendo para a derrota da Seleção Brasileira. Neste momento, essa derrota significa menos poder ao fascismo. Aqui os argentinos fazem festa. E eu os aplaudo. Um novo Brasil nascerá após a derrota dos fascistas, e só então torceremos por ela – escreveu.

Um seguidor, que se declarou “do mesmo lado” que Jean afirmou “não entender” a relação entre a derrota da Seleção e um possível enfraquecimento do governo. E, mais uma vez, o petista lançou mão de uma narrativa forçosa para se explicar.

– É o óbvio, querido: a vitória da seleção brasileira, quase toda bolsonarista, serviria de propaganda política para um governo de curruptos e fascistas que já mataram mais de milhão de pessoas. A derrota impediu isso. Simples assim. Axé – explicou, sem levar em consideração o simbolismo de uma vitória contra a Argentina no Maracanã, um histórico desejo nacional.

A retórica não convenceu nem os aliados, e muito menos os opositores. O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi um dos que se manifestou contra.

– Comunista enxerga tudo somente pela ótica do poder, mesmo quando é apenas futebol. Não interessa se muitos ali lutaram para realizar o sonho de representar a nação, a ideologia vem primeiro. Por isso o vermelho em manifestações! Por isso um ex-PSOL tentou assassinar o presidente! – escreveu Carlos.

3 comentários:

Babaca retardado, só porque não foi aprovado a camisa 24.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More