SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

quinta-feira, 5 de agosto de 2021

Fortaleza vence novamente o CRB e avança às quartas de final da Copa do Brasil

O Fortaleza está nas quartas de final da Copa do Brasil. O Tricolor entrou em campo nesta quarta-feira (4), no estádio Rei Pelé, em Maceió, e venceu novamente o CRB, desta vez por 1 a 0, assegurando vaga na próxima fase da competição.

O Leão do Pici jogava pelo empate, já que havia vencido a partida de ida por 2 a 1, na Arena Castelão, mas mesmo assim não se acomodou com a vantagem e construiu novo triunfo.

Com a classificação, o Fortaleza embolsa R$ 3.45 milhões em cotas só por participar das quartas de final. Assim, o Tricolor totaliza R$ 9.91 milhões com o torneio eliminatório, já que havia assegurado anteriormente R$ 6.46 milhões por ter eliminado Caxias-RS, Ypiranga-RS e Ceará.

O sorteio dos confrontos das quartas de final da Copa do Brasil será realizado nesta sexta-feira (6), às 15 horas, na sede da CBF.

O JOGO

A etapa inicial foi muito truncada a marcada por muitas faltas. Mesmo assim, o Fortaleza se impôs e controlou o jogo, não deixando o CRB ameaçar. O goleiro Marcelo Boeck, que foi titular no lugar de Felipe Alves, pouco trabalhou.

Já do outro lado, mesmo sem forçar tanto o ritmo, o Leão do Pici era quem criava as melhores chances de gol e finalizou bem mais na etapa inicial. No apagar das luzes, acabou premiado.

Aos 47 minutos, Wellington Paulista aproveitou cruzamento de Yago Pikachu e completou para o fundo das redes, marcando o 3º gol dele no confronto e o 11º na temporada, empatando com David e Robson na artilharia do time em 2021.

O segundo tempo foi no mesmo panorama. Mesmo com a necessidade da vitória, o time da casa optou por uma postura mais cautelosa e não correu muitos riscos. Com isso, pouco ameaçou.

A melhor chance foi já aos 48 minutos da etapa inicial, quando Tinga foi tentar cortar cruzamento e colocou a bola na trave, quase marcando gol contra.

De resto, o Fortaleza criou as melhores chances e teve oportunidades para ampliar o placar, mas acabou pecando nas finalizações e manteve o placar de 1 a 0 até o fim, o suficiente para garantir uma classificação por 3 a 1 no placar agregado, sem sustos.

(Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More