ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

segunda-feira, 7 de novembro de 2022

Lula pode tomar armas de CACs vendidas no governo Bolsonaro

A notícia foi adiantada por Flávio Dino, cotado para o ministério da Justiça.
O presidente eleito Lula (PT) promete revogar uma série de decretos baixados pelo atual presidente Jair Bolsonaro (PL), entre eles os decretos sobre armas.

Um deles, segundo o senador eleito e ex-governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), será revogar os decretos que permitiam aumentar a venda de armas no país para colecionadores, atiradores amadores e caçadores (CACs).

Dino, cotado para o ministério da Justiça, diz que Lula quer recolher as armas vendidas durante o governo Bolsonaro para esses públicos.

Dados oficiais mostram que o número de armas vendidas para os CACs quase dobrou nos últimos quatro anos.

Segundo um dado obtido pelos institutos Igarapé e Sou da Paz, o número de armas registradas nas mãos de caçadores, atiradores e colecionadores atingiu a marca de 1 milhão este ano.

O acervo desta categoria teve um aumento da ordem de 287% em todo o país. O número de armas passou de 350,6 mil e chegou a 1.006.725 em julho deste ano.

(Pleno News)

1 comentários:

O povo desarmado é o primeiro passo pra ditadura socialista ser instaurado nos países latino americanos. Parabéns a quem votou nele. Viva a ditadura!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More