ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Torcedora vem da Suíça para ver Fortaleza na Sul-Americana e afirma: "dia 27 vai virar música"

A estudante da área de tecnologia acompanha as partidas do Tricolor do Pici pela internet até de madrugada na Europa e aproveitou o período do Carnaval para voltar à capital cearense.
O jogo de volta do Fortaleza contra o Independiente pela Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira (27), na Arena Castelão, atraiu torcedores de muito longe para acompanhar de perto esse capítulo tão importante na história do futebol cearense. Liliane Arruda, de 32 anos, mora na Suíça desde 2016 e viu no confronto a oportunidade perfeita para voltar a Fortaleza e ver seu time de paixão em sua 1ª competição internacional oficial.

Casada com um suíço, a estudante da área de tecnologia mora em Lugano, cidade ao sul da Suíça, quase fronteira com a Itália. Ao descobrir sobre o duelo contra os rojos, Liliane se empolgou para viver o histórico momento. 

"Falei para o meu marido: 'eu preciso estar lá. É o 1º jogo do time num campeonato internacional. Você tem noção disso!?'. A gente vê pela internet e vibra, grita, assiste de madrugada. Ele falou: 'então vou te dar de presente do dia dos namorados'. E estou aqui, vivendo essa emoção", contou a torcedora.

O namorado da madrinha foi quem apresentou Liliane ao Leão. "Ele era um torcedor raiz. Ficava com o rádio no estádio, escutando a Verdinha, e me apaixonei por isso. Lembro da era do Clodoaldo, dos primeiros acessos. Estar em casa num jogo internacional me deixa sem palavras", disse a estudante.

"Tivemos chances de vencer o 1º jogo, mas o destino não quis. O destino quer que a gente saia classificado daqui. 27 vai virar música", termina Liliane, fazendo referência à data da partida desta quinta-feira.


Drama com o coronavírus

A epidemia do vírus COVID-19 chegou à Itália nos últimos dias e já contagiou mais de 400 pessoas, sendo o norte do país o foco dos casos. Liliane declara estar tensa com a situação, que se agravou quando ela saiu de sua cidade, distante pouco menos de 80km de Milão, capital da região de Lombardia.

"Estou preocupada com meu marido, pois ele trabalha na parte hospitalar. A região onde moro não tinha casos, mas ontem (25) recebi a mensagem de que já chegou. Quando eu voltar para lá, como vai ser? No momento, não estamos preparados para isso", afirmou a torcedora tricolor.

(Diário do Nordeste)
Foto: Lucas Catrib/SVM

1 comentários:

Torcer times cearense não e seguro é só decepção

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More